Guia pessoal e intransferível para quem só tem 48 horas em Berlim

postado em: Vida | 0

Depois de ir pra lá, morar lá e me apaixonar por essa cidade, decidi que tenho conhecimento suficiente para, ao menos, ajudar meus amigos que vão passear uns dias em Berlim. Eu acho 48 horas pouquíssimo, pra começar. Eu entendo que pra mochileiro é complicado ficar mais que 3 dias no mesmo lugar, mas eu recomendo 5 dias. Acho que em 5 dias você consegue ter uma impressão legal.

De qualquer forma, fiz o guia para 48 horas, pra contemplar aqueles que só estão numa passada meteórica, mas querem ter boas impressões sobre a cidade. Como o título diz, esse guia é baseado apenas na minha experiência pessoal, ou seja, muita gente pode recomendar outras coisas. Isso é ótimo, porque aí você vai ficar mais e vai entender porque tanta gente ama a capital da Alemanha.

U-Bahn Görlitzer Bahnhof

fluss009-jpg

Görlie (como o pessoal local chama) é um lugar ótimo para começar. Cheio de burburinho, a estação está na entrada de um parque, o Görlitzer Park. Muitos restaurantes em volta (Nachtigall, Ngoc Han, Kimchi Princess, Rissani e Café Mori são minhas recomendações) e, além de ser uma delícia no verão, com muita coisa rolando no parque, o ano inteiro é um ponto para comprar drogas. Mas não pense em uma boca de fumo, pense mais em um lugar cheio de todo tipo de gente que vive em Berlim, uma circulação super intensa e uma oportunidade de se sentir um pouco local. A área é tranquila, moderna, punk, mesmo assim, minha dica é não bobear com o celular. Curte bastante, mas não se ditraia muito.

Oranienstrasse

Do ladinho do Görlitzer Bahnhof, depois de ter dado aquele rolezinho nos arredores do parque, entre na Oranienstrasse! Também tem muitas opções para comer, como o Safran e o Santa Maria – ambos deliciosos e com preço mara -, mas o lance ali é encher a cara. Você desce a rua até ficar perto de Kottbusser Tor, antes do cruzamento com a Adalbertstrasse, você vai ver o Franken, botecão de roqueiro das antigas. Tome uma mexikaner por lá, vale super a pena. Depois, continue pela rua e passe num Spätkauf para pegar uma cervejinha. Ande pelas lojinhas e acabe o passeio na Betahaus, um café e coworking space. Pega um snack por lá e aproveita pra atualizar as redes sociais.

U-Bahn Schönleinstrasse

Berlin_U-Bahn_Schönleinstraße_Eingang

Essa estação fica entre Kottbusser Tor e Hermannplatz, num lugar conhecido como Kreuzköln. O nome é porque ali se dividem os bairros Kreuzberg e Neuköln, os mais agitados e multiculturais de Berlim. Você pode dar uma andadinha até o canal, tomar uma cerveja no Sofá Bar, ou no Jail Bar, comer um döner ou um schawarma em um dos vários restaurantes turcos ou árabes que tem por ali. Não tenho um especial pra recomendar, pois todos são bem em conta e gostosos, se joga no que tiver mais perto. Ali na região tem o Okay Café e o Goldberg Café e Bar, que são ótimos pra dar uma paradinha e conectar de novo na internet. Voltando pro rolê, quando chegar na Hermannplatz, não esquece de dar uma passadinha no Karstadt, lá foi o primeiro shopping center da cidade e rola fazer umas comprinhas. Além disso, na Hermannplatz você encontra tudo que é a cara de Berlim: photoautomat (pra fazer uma fotinho fofa em preto e branco e lembrar desse momento pra sempre), Spätkauf, döner, kneipes (botecos), enfim, um monte de coisas pra fazer.

Tempelhof

O bairro que basicamente é um aeroporto desativado é uma delícia, recomendo muito conhecer! Fica bem perto da Hermannplatz de bicicleta. Além de ser uma área de lazer, no verão é fácil fazer amigos nos grupinhos que sentam lá pra fazer churrasco e encher a cara. Empinar pipa, dançar, andar de bicicleta, tudo muito suave! Ah, rola andar de skate também, posar pra fotos, fazer pic-nic… Um lugar muito agradável pra visitar e tirar umas fotos.

East Side Gallery

East_Side_Gallery

Um dos meus lugares favoritos na cidade. Isso porque fica à beirado rio Spree, tem vista pro Oberbaumbrücke (aquele que aparece no Corra Lola, é tipo um castelinho, super lindo), você vê a torre da DDR, que virou um cartão-postal de Berlim, e andando um pouquinho na Mühlenstrasse chega no YAAM, que é um centro cultural com bar, comidinhas, vista pro Spree e sempre tem alguma música legal rolando. Eu já vi a Anita Tijoux lá, foi massa. Ali você encontra a galera mais descolada de Berlim, mas eles geralmente são bem coração aberto, nada metidos ou arrogantes. Vá com a câmera e arrase nas fotos.

U-Bahn Hackerscher Markt

Bem cara de Berlim Oriental, a estação em si é bem legal de fotografar. Por ser pertinho da Alexanderplatz, rolam uns lances tipo shopping, lojas chiques e tudo mais, mas o meu canto favorito lá é o Café Cinema. Além do próprio café, o local onde ele está é um conjunto de ateliês e lojas alternativas, cheio de grafites (João Dória desaprova) e o centro Anne Frank. Dá pra se divertir bastante ali, tomar uma cerveja, comprar uns lances malucos e tirar umas fotos bacanas.

Mauerpark

O parque tem uma feirinha de domingo (mercado de pulgas) onde você acha coisas de brechó, móveis antigos, discos, comidinhas, artesanatos, essas coisas que o povo de humanas adora e muita comida aprovada pela Bela Gil. Além disso, ali pertinho tem um memorial do muro que conta várias histórias tristes, de famílias separadas, mortes, injustiça e muita coisa que é bom saber, pra não acabar votando no Bolsonaro. Como nem tudo é só tristeza, tem muita opção boa pra comer ali perto, minhas recomendações são o Pune e o Engelberg.

Bônus:

Memorial das vítimas do Holocausto

Além do memorial ser um lugar muito interessante de ver, ele fica perto do Tiergarten (parque que tem biergarten no verão e rola até ver raposinhas e javalis livres), do Bundestag (o parlamento alemão) e do portão de Brandenburgo (aquele lance que o Napoleão colocou em todos lugares que ele colou). Selo turistão, mas ali pertinho, na frente do portão de Brandenburgo, você pode fazer um free walking tour. Eu super recomendo, pois é GRÁTIS (paga uma tip no final no valor que você achar ok) e dá pra você colar em boa parte dos pontos turísticos e saber um pouco mais da história da cidade, que na real é uma das coisas mais legais mesmo.

Como eu sou muito daora, vou deixar aqui os endereços e sites certinho pra você conseguir se organizar. Caso já esteja na cidade, não vacila e faz o seu rolê!

Görlitzer Park
Görlitzer Str., 10997 Berlin

Nachtigall Imbiss
Ohlauer Str. 10, 10999 Berlin

Ngoc Han
Wiener Straße 21, 10999 Berlin

Kimchi Princess
Skalitzer Str. 36, 10999 Berlin
Site: http://kimchiprincess.com

Rissani
Spreewaldpl. 4, 10999 Berlin

Café Mori
Wiener Straße 13, 10999 Berlin

Safran
Oranienstraße 172, 10999 Berlin
Site: http://safran.pizzaliefern.com

Santa Maria
Oranienstraße 170, 10999 Berlin
Site: http://santaberlin.com

Franken Bar
Oranienstraße 19A, 10999 Berlin
Site: http://franken-bar.de

Betahaus
Prinzessinnenstraße 19-20, 10969 Berlin
http://betahaus.com

Sofa Bar
Ohlauer Str. 42, 10999 Berlin
http://sofabar-kreuzberg.de

Jail Bar & Club
Ohlauer Str. 3, 10999 Berlin
Site: http://jail-bar.de

Okay Cafe
Pflügerstraße 68, 12047 Berlin
Site: http://okay-cafe.com

Goldberg Bar Café Restaurant
Reuterstraße 40, 12047 Berlin
Site: http://goldberg-bar.de

Karstadt Hermannplatz
Hermannpl. 5-10, 10967 Berlin
Site: http://karstadt.de

Tempelhofer Feld
Tempelhofer Damm, 12101 Berlin
Site: http://gruen-berlin.de

East Side Gallery
Mühlenstraße, 10243 Berlin
Site: http://eastsidegallery-berlin.com

YAAM
An der Schillingbrücke 3, 10243 Berlin
Site: http://yaam.de

Café Cinema
Rosenthaler Str. 39, 10178 Berlin

Anne Frank Zentrum
Rosenthaler Str. 39, 10178 Berlin
Site: http://annefrank.de

Mauerpark
Gleimstraße 55, 10437 Berlin
Site: http://mauerpark.info

Restaurant Pune
Oderberger Str. 28, 10435 Berlin
Site: http://pune-restaurant.de

Engelberg
Oderberger Str. 21, 10435 Berlin
Site: http://engelberg-berlin.de

Memorial dos judeus mortos no Holocausto
Cora-Berliner-Straße 1, 10117 Berlin
Site: http://stiftung-denkmal.de

Ponto de encontro Free Walking Tour
Pariser Platz 4A, 10117 Berlin
Site: http://neweuropetours.eu

 

Deixe uma resposta